PUBLICIDADE | LOJA ONLINE | ATENDIMENTO | ASSINATURAS Online Editora
Você está em: Matérias > Amor e Sexo > Boa de cama > Sexo

Sexo

Conheça oito benefícios da prática deste grande aliado da saúde

Em 18/06/2013 Por Eliane Martins

O orgasmo é considerado uma das sensações mais íntimas e deliciosas para homens e mulheres e é muito mais do que sinal do sucesso em uma relação sexual. Cada vez mais, os cientistas descobrem novos efeitos dessa reação orgânica, que além de melhorar as emoções, é benéfica para a saúde.  “O orgasmo contribui para que as pessoas vivam com mais qualidade.  É um momento de prazer que perdura por vários dias”, afirma o ginecologista Neucenir Gallani, daclínica SYMCO.

De acordo com pesquisas, a lista de benefícios do sexo para a saúde é extensa. Confira oito deles quando a vida sexual está ativa:
1. Alivia as crises de enxaqueca - Segundo o dr. Neucenir Gallani, o orgasmo libera substâncias como a endorfina, que atua no sistema nervoso. Ela diminui a dor, relaxa a musculatura e melhora o humor.
2. Melhora o aspecto da pele - Fazer sexo, principalmente no período da manhã, ajuda a manter a juventude. Essa
conclusão é de um estudo feito por cientistas da Universidade Queen’s, no Reino Unido.  Eles afirmam que atingir o orgasmo aumenta os níveis de estrogênio, testosterona e outros hormônios ligados à textura da pele e do cabelo.  Além disso, quando há orgasmo, ocorre vasodilatação e a pele ganha uma aparência mais viçosa.
3. Alivia as cólicas da TPM - Os movimentos realizados durante o sexo estimulam os órgãos internos, que ficam mais relaxados.  Com isso, há diminuição das dores antes da menstruação.
4. Melhora o sono - O relaxamento que o orgasmo proporciona contribui para que o sono seja muito melhor. E isso não apenas nos dias em que houver sexo.
A reação tem efeito prolongado devido à ação dos neurotransmissores, que passam a agir no organismo com mais regularidade e em maior quantidade.
5. Diminui o estresse - Segundo um estudo escocês publicado na revista Biological Psychology, o orgasmo não deve ser encarado como um remédio calmante, mas como parte de uma relação afetiva que proporciona prazer.  Quando isso acontece, os níveis de estresse tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque os chamados hormônios do estresse, como o cortisol, apresentam atividade reduzida.
6. Diminui os riscos de infarto - Um estudo da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, realizado com mais de três mil homens de 45 a 59 anos durante duas décadas, concluiu que o sexo frequente pode reduzir o risco de infartos fatais e derrames.
7. Queima calorias - Segundo a Associação Americana de Educadores e Terapeutas Sexuais, a atividade sexual é um ótimo exercício para o corpo. Isso porque 30 minutos de sexo queimam, em média, 85 calorias.
8. Aumenta a imunidade - Um estudo feito pela Wilkes University, nos EUA, mostrou que uma vida sexual ativa aumenta os níveis de um anticorpo conhecido como IgA , responsável pela proteção do organismo de infecções, gripes e resfriados.

Fotos: Divulgação/ Agradecimento: www.minhavida.com.br

0 comentários. Deixe o seu!

  • Seja o primeiro e envie seu comentário

Novo comentário

Edições para você!

  • UMA ed. 137
  • Bebê & Gestante Ed. 21
  • Decoração e Estilo Casa Ed. 70
  • Cozinha Faça Fácil Ed. 25
  • Figurino Noivas Ed. 71
  • Faça Fácil Ed. 48
  • Casa e Decoração Ed. 59
  • Moda Moldes Ed. 40
  • Vida & Yoga
  • Casa & Ambiente Bebê

Copyright © 2008 - IBC Instituto Brasileiro de Cultura Ltda.   |