PUBLICIDADE | LOJA ONLINE | ATENDIMENTO | ASSINATURAS Online Editora
Você está em: Matérias > Comportamento > Atitude > Boas maneiras na praia

Boas maneiras na praia

O verão está chegando e a praia lotada pode trazer alguns problemas de convivência entre os banhistas. Conheça algumas regrinhas de boa vizinhança para garantir a paz à beira-mar

Em 30/11/2012 Por Diane Neubüser

A principal reclamação dos amantes do mar é, sem dúvida, a falta de responsabilidade das pessoas com relação a seu lixo na praia. Nada mais relaxante do que curtir alguns dias de veraneio, porém, a convivência com um grande número de pessoas, de culturas e educação diferentes, pode acabar se tornando um problema.

“Não gosto dos pais que deixam as crianças soltas para ficar atrapalhando os outros banhistas, jogando areia, água, bola etc. em cima dos outros”, desabafa a jornalista Joyce Moretti. Já a estudante Bruna Neto diz que não aguenta as pessoas que empinam pipa no meio das cadeiras e dos guarda-sóis das pessoas. Entre outras reclamações estão: o trânsito de carros na areia, os donos de cachorros que deixam seus pets fazerem as necessidades na praia (alguns nem recolhem a sujeira depois!), pessoas ouvindo música alto, fumaças de churrasqueira, de cigarro etc.

Para evitar problemas e garantir uma convivência saudável entre os banhistas, vamos relembrar algumas regras de boas maneiras na praia. Dessa forma, ao menos você, leitora, pode fazer sua parte para deixar nossas praias ainda mais belas e convidativas.
 

Manual de boas maneiras na praia

1. Recolha seu lixo! Em algumas praias o número de lixeiras pode ser escasso. Se for este o caso do local onde você veraneia, vá à praia munida de sacolas plásticas para levar seu lixo de volta para casa. Só não vale deixá-lo à beira-mar!

2. Use fones de ouvido.
Já existe no Brasil uma lei proibindo que se ouça música alto em locais públicos, afinal, nem todo mundo tem o mesmo gosto musical que você, e tem gente que prefere ir à praia para relaxar ao som do mar. Quem não respeitar a norma pode até mesmo ter problemas com a polícia.

3. Mulheres, cuidado na hora de sacudir sua canga.
Quem nunca passou por aqueles desagradáveis banhos de areia na praia? Na hora de ir embora, deixe para sacudi-la em locais mais afastados, e não no meio de todo mundo, ok?

4. Crianças comportadas.
Nós sabemos o quanto as crianças ficam eufóricas na praia, e elas devem extravasar as energias mesmo! Só não vale incomodar os outros banhistas jogando bola e fazendo guerrinhas de areia em locais inapropriados.

5. De olho no pet!
Nós até já alertamos, nesta matéria aqui, que levar seu cachorro para a praia pode até prejudicar a saúde do bichinho. Mas, caso você opte por levá-lo, é essencial que não o deixe fazer suas necessidades na areia e, se ele fizer, que elas sejam devidamente recolhidas.

6. Deixe o carro na garagem.
Indiscutivelmente, carro e praia são coisas que não combinam! Além de tirar o sossego dos banhistas, pode ser perigoso, pelo grande número de pessoas caminhando na areia.

7. Pratique esportes com moderação.
Nada mais gostoso do que bater uma bolinha na praia. Mas também não dá para delimitar um espaço do tamanho de um campo de futebol só para você e seus amigos! Lembre-se de que nesse mesmo espaço convivem idosos e crianças que podem ter dificuldade para se esquivar de “bolas perdidas”. Além do futebol, nada pior do que pessoas que resolvem pescar em uma praia movimentada. Os banhistas desavisados podem se ferir com o anzol.

Foto: Shutterstock

0 comentários. Deixe o seu!

  • Seja o primeiro e envie seu comentário

Novo comentário

Edições para você!

  • UMA ed. 137
  • Bebê & Gestante Ed. 21
  • Decoração e Estilo Casa Ed. 70
  • Cozinha Faça Fácil Ed. 25
  • Figurino Noivas Ed. 71
  • Faça Fácil Ed. 48
  • Casa e Decoração Ed. 59
  • Moda Moldes Ed. 40
  • Vida & Yoga
  • Casa & Ambiente Bebê

Copyright © 2008 - IBC Instituto Brasileiro de Cultura Ltda.   |